Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

Treine o seu Gato

Este livro caiu-me nas mãos aquando de um plano de adopção.

Enquanto esse gato específico não virá residir comigo, já há uma outra gatinha planeada, muito desejada, e o livro tem, na mesma, relevância na minha estante.
O livro é bastante interessante, começando logo pelos primeiros capítulos, em que narra a história da domesticação dos gatos. John Bradshaw fornece informação científica sobre gatos e a sua história, e Sarah Ellis foca mais em exercícios para treinar os gatos. A forma como a informação se interliga está bastante bem feita, cruzando informação com actividades práticas.
Vir quando é chamado, permitir corte de unhas, tomar medicação, ir sem problemas para a transportadora, são algumas das situações para as quais este livro procura criar ferramentas. Alguns pontos são, talvez, demasiado intensos para o leitor (dependendo do seu nível de paciência); alguns dos treinos têm demasiados passos (como os cerca de vinte passos relacionados com a entrada na transportadora), ao pass…
Mensagens recentes

rentrée literária 2019

Porque Setembro é um mês de novos começos, eu também estou em fase de grandes mudanças pessoais e, bem, apeteceu-me.

Ou seja: lançamentos recentes ou recentemente anunciados para o resto do ano, com os quais estou particularmente curiosa e nos quais quererei, mais cedo ou mais tarde, pegar (que é como quem diz: olá, Feira do Livro 2021).


Jorge Amado: Uma Biografia, de Joselia Aguiar.
Enquanto pessoa que adora Jorge Amado, esta é uma oportunidade para conhecer melhor o autor que não quererei deixar passar. Cheguei a folhear este na Ler Devagar, mas o preço avultado faz-me deixá-lo para uma segunda oportunidade. Podem comprar aqui.
Hotel Melancólico, de Maria Gaínza.
Depois de ter adorado O Nervo Ótico, é normal que esteja ansiosa por mais um livro desta autora, mais uma vez uma obra que mistura a realidade com a ficção. E, pela sinopse, também este livro é centrado em arte. Podem comprar aqui.
Obras Completas de Maria Judite de Carvalho, vol. V.
Pré-comprado, claro, sem qualquer hesitaçã…

Indeh

A história das Guerras Apache, de um ponto de vista Apache.

É refrescante ver os eventos do lado Apache. Com belas ilustrações a preto e branco, vemos aqui o tremendo choque entre duas culturas: os Apache, que dominam aquela terra há séculos, e a nova "tribo", dos homens brancos, que começa a infiltrar-se no território. Os Apache começam a ser afastados, e decidem retaliar.
Excelente como ficção histórica, dá-nos um contexto emocional para eventos que, muitas vezes, nos são apresentados de forma fria. Os últimos anos dos conflitos entre europeus e Apache não são bonitos, e a narrativa através não só de um ponto de vista negligenciado, mas através de arte sequencial, dá uma nova perspectiva.
O conflito entre nativos norte-americanos e os colonizadores europeus é devastador, e tem sequelas graves e visíveis até hoje. Pessoalmente, sei muito pouco sobre os modos de vida das sociedades nativas norte-americanas previamente a estas guerras e ao domínio europeu, mas, ainda assim, …

2019 | Agosto

Agosto foi, novamente, um mês muito complicado.


Comprados & Recebidos
Este mês, portei-me um pouco pior: numa mega promoção da Book Depository, comprei, por menos de 10 Euros, We, de Yevgeny Zamyatin, e The Long Goodbye, de Raymond Chandler. Em minha defesa, estavam ambos há imenso tempo (mais de dez anos!) em espera. No último dia do mês, na Festa do Livro de Belém, comprei Karingana Ua Karingana, de José Craveirinho, que queria há muito, mas parecia esgotado em todo o lado.
E a Rita ofereceu-me o Mostly Harmless, do Douglas Adams, o que significa que preciso de ler o Hitchhiker's ainda este ano.

Lidos
Com muita dedicação à bricolage e a novos rumos na minha vida, consegui apenas terminar Girl in a Band, de Kim Gordon, e Como Treinar o seu Gato. Em andamento, Thérèse Raquin, de Emile Zola, e A Piada Infinita, de David Foster Wallace (demasiado pesado para levar na mala).

Outros
Senti a falta da Europa-América na Festa do Livro de Belém - era lá que costumava abastecer de Jorge A…

Girl in a Band

Queria ler este livro desde soube que saiu.

O primeiro motivo é óbvio: adoro Sonic Youth e consegui vê-los ao vivo, em 2010, antes de acabarem. Também sempre tive uma enorme admiração pela baixista, Kim Gordon, e a achei inspiradora. Assim, ler um livro de não-ficção de sua autoria pareceu-me desde logo apelativo.
O segundo motivo é o facto de, tal como muitos outros fãs da banda, ter ficado traumatizada com o divórcio que levou ao desmembramento da banda. Ler este livro colocou Experimental Jet Set, Trash and No Star em rotação repetitiva no meu carro, numa experiência mais imersiva. E continua a custar saber que a banda acabou, e saber o porquê.
O divórcio é, obviamente, explorado, parecendo até o mote para o livro: é mencionado no primeiro capítulo, levando a uma retrospectiva de Kim Gordon sobre a sua vida e carreira, ao longo da obra e, novamente, no seu final. Há algo muito "por resolver" naquilo que Kim nos conta (ou decide contar - há alguma distância, e não dá para…

L'Étranger

Aujourd'hui, maman est morte.

Esta é, no fundo, a minha terceira leitura do livro: primeiro, em 2011, em inglês; já este ano, em português; e foi agora a vez de ler o livro em francês, na adaptação para nona arte, da autoria de Jacques Ferrandez, livro que comprei em Paris.
Da segunda vez que li O Estrangeiro, consegui gostar mais do que da primeira, da intencionalidade da indiferença de Mersault em todos os seus gestos. A história é já conhecida do público (suponho): começa com a morte de Mersault, uma espécie de inconveniência. Quando Marie menciona o casamento, Mersault aceita, porque não lhe faz diferença. Quando o seu patrão lhe sugere uma promoção e um cargo em Paris, ele diz que pode ser, mas não tem importância para ele.

Comete um crime sem sentido, sem grande justificação ou motivação. A ideia recorrente é que, para Mersault, nada importa. Até que, sentado no seu julgamento, dá por si condenado à morte. E o pouco tempo que lhe resta, não o quer dedicar à religião.
Ironica…