Avançar para o conteúdo principal

Feira do Livro I

Post também conhecido como "Eu, fraca após uma prova de 4km".


Estou sempre a falar na minha promessa a mim mesma de não comprar mais livros, colocando-me a excepção de comprar livros em viagem (vou-me recusar a ir ao museu do Kafka e não comprar nenhuma obra dele, por exemplo); justifico esta compra na Feira do Livro de Lisboa com a não-ida ao El Corte Inglés de Salamanca.

Conhecidos clássicos como os Veinte Poemas de Amor de Pablo Neruda, as Ficciones de Jorge Luís Borges, frequentemente citados e mencionados, claras lacunas nas minhas estantes e leituras; e um livro de Javier Marías, autor recomendado por uma grande amiga, cuja sinopse me fascinou:

Un hombre es invitado a cenar por una mujer que apenas conoce y cuyo marido está en Londres esa noche. En la casa hay un niño de 2 años al que cuesta acostar. Por fin, cuando se confirma el carácter galante de la cita, la mujer se siente mal, agoniza y muere antes de haberse convertido en su amante.
Qué hacer con el cadáver, qué hacer con el niño, con el marido ausente, qué diferencia hay entre la vida y la muerte.

Hesitei entre comprar este ou um do já familiar García Márquez, mas investir na literatura, acima de qualquer arte, é um risco, e decidi arriscar.

Todos em espanhol. Ler noutra língua é, na minha experiência, a maneira mais fácil de absorver essa língua, de a aprender, de a valorizar.

Comentários

  1. Respostas
    1. Parado! :( por motivos de horário e de dinheiro não fiz o A2, mas quero muito voltar, um desses dias pego nos livros por mim mesma e depois retomo o curso! E o teu alemão?

      P.S. hoje fiz a caminhada de uma prova de corrida e sinto-me óptima :)

      Eliminar
    2. Fazes bem, lembro-me do teu entusiasmo quando começaste a aprendê-lo! Tenho a mania que consigo aprender alemão sozinha (ando a alinhar os livros de Harry Potter em versões bilingue para o efeito) mas não há volta a dar, preciso de aulas estruturadas também. Estou a pensar num curso intensivo em julho.

      Que bom Bárbara, fico mesmo contente! Se te faz sentir bem é para continuar!

      P.S. Chá um dia destes, sim?

      Eliminar
    3. é para continuar sim, já me vou inscrever em mais!

      percebo a necessidade de aulas estruturadas, já não se fazem línguas como antigamente tipo esse inglês que uma pessoa aprendeu meio às tentativas por livros e canções e pokémon no game boy :p

      chá definitivamente! é combinar :D

      Eliminar

Publicar um comentário