Avançar para o conteúdo principal

Oh, Manchester

Voltando de uma viagem idealizada há muito: York, Liverpool e Manchester.


Na lista de compras iam o Milk and Honey, de Rupi Kaur, por tudo o que tem sido dito acerca desta obra; algum que me faltasse de Elizabeth Gaskell (tinha em mente o Ruth ou o Sylvia's Lovers; optei pelo primeiro), por ser a grande autora de Manchester (é também de uma obra dela uma das primeiras reviews que escrevi neste blog); e um de dois livros sobre a história da zona: The Wars of the Roses, de Alison Weir, ou She-Wolves: The Women Who Ruled England Before Elizabeth, de Helen Castor.

Tive esperança quanto aos dois últimos numa loja de livros novos e usados, cheia de descontos, perto da York Minster:


Mas, embora visse vários dos livros de Alison Weir, só encontrei o que pretendia na Waterstones de Deansgate, em Manchester, e aí, exercendo um enorme controlo, pensei que já tinha os outros dois da lista na mão e seriam suficientes.

A lindíssima biblioteca municipal de Liverpool

Já no aeroporto, para despachar algumas libras e no desgosto de não existirem souvenirs de Manchester, comprei o It Can't Happen Here, de Sinclair Lewis. Já escrevi sobre o autor antes; aqui fica uma sinopse da obra em questão:

It Can't Happen Here is a speculative fiction novel written by Sinclair Lewis and published in 1935. In the novel, the United States succumbs to a totalitarian government headed by Berzelius "Buzz" Windrip, a charismatic politician who wins over the voters through populism and empty promises. With his cadre of advisors and a brutal militia of Minute Men (M.M.s), Windrip oversees a new era of poverty, oppression, and fear. Women and minorities are stripped of their rights, dissent is outlawed, and those who displease the government are imprisoned in concentration camps or killed.

Ficam ainda algumas fotos da biblioteca da Universidade de Manchester, The John Rylands Library:



Comentários

  1. Oh oh, tive esse livro do 'It Can't Happen Here' na mão há dias, também numa livraria de aeroporto inglês! E há muito que quero ler o She-Wolves! Mas mais que tudo quero agora um chá para ouvir tudo o que gostaste dos Yorkshires e das Midlands! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na WHSmith? :) Havemos de ler o She-Wolves um dia!

      Já te vou contactar para combinarmos melhor :D

      Eliminar

Enviar um comentário